Voltar ao site

JUNTAS vão a Rio Formoso debater em defesa da criação da Reserva Extrativista

Essa demanda da população local já perdura há mais de 10 anos e agora está nas mãos do governo estadual. Mais de 2 mil famílias sobrevivem dos recursos naturais da região

· NOTÍCIAS

As codeputadas Juntas (PSOL-PE) estarão na sexta-feira (22) em Rio Formoso se reunindo com pescadores(as) e quilombolas para dialogar sobre a criação de uma Reserva Extrativista (Resex) no local. Estarão presentes no encontro representantes do Conselho Pastoral dos Pescadores; das Colônias de Pescadores Z5 (Tamandaré), Z6 (Barra de Sirinhaém) e Z7 (Rio Formoso); da Associação Mangue Verde; e da Associação da Comunidade Quilombola Engenho Siqueira.

A Resex deve ser constituída por áreas de manguezal de três municípios do Sul de Pernambuco: Rio Formoso, Tamandaré e Sirinhaém. São três rios que formam o estuário do Rio Formoso: Formoso, Passos e Ariquindá, totalizando 2.615,91 hectares de manguezal protegidos, com 2.492 famílias de pescadoras e pescadores artesanais atuando na área ao lado de 80 famílias quilombolas.

Antes de se tornar um dos principais destinos turísticos do litoral do país, a Praia dos Carneiros, na cidade de Tamandaré, já abrigava no seu entorno pescadores(as) e quilombolas vivendo dos recursos naturais dos manguezais do complexo estuarino do Rio Formoso. Porém, para garantir o seu território e seu sustento, essas(es) moradoras(es) tradicionais estão lutando há mais de 10 anos pela criação de uma Reserva Extrativista, ou seja, um tipo de unidade de conservação que concilia a proteção do meio ambiente com o uso sustentável dos recursos naturais (por exemplo: peixes, marisco, sururu, camarão e ostra) por antigos habitantes para sua própria subsistência e para geração de renda.  

Essa luta tão antiga foi retomada em janeiro deste ano e agora está nas mãos do Governo do Estado. No Dia do Manguezal (26 de julho), o Conselho Pastoral dos Pescadores, em nome das entidades de base envolvidas no processo de criação da Resex, protocolou na Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) de Pernambuco estudos técnicos e fundiários que fundamentam a proposta. Mas, até o momento, não houve avanços. É importante ressaltar que, no processo de criação de uma reserva extrativista, o manguezal continua pertencendo à União, como determina a Constituição brasileira.

A proposta de criação da Resex tem o objetivo de garantir a coexistência entre os modos de vida e dos saberes de antigos povos com os outros usos dos recursos naturais. Para o meio ambiente, a manutenção das pescadoras, pescadores e quilombolas é uma garantia de conservação. Há séculos eles são os guardiões do manguezal, que, associado a outros ecossistemas, tornam a Praia dos Carneiros, na foz do Rio Formoso, uma área de grande biodiversidade.

Ações não-governamentais em defesa da sustentabilidade dos mares:

Diversas instituições da sociedade civil, governamentais e de pesquisa já lançaram campanhas em defesa da criação da Resex Rio Formoso, entre elas a iniciativa As Vozes do Mar, que faz parte do Projeto Um Oceano de Cultura, uma iniciativa de três entidades que atuam em pesquisa e conservação de ambientes marinhos-costeiros ao Sul de Pernambuco. São eles: Programa Ecológico de Longa Duração (Peld Tams/UFPE e CNPq), Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Nordeste (Cepene/ICMBio) e Institutos Recifes Costeiros.

A ação Vozes do Mar de apoio à criação da Resex Rio Formoso tem ainda a parceria de duas instituições: Rare Brasil e Projeto Meros do Brasil. Uma pesquisa musical desse projeto resultou até este mês de outubro na seleção de 61 faixas de 27 artistas pernambucanas(os) que interpretam canções na temática mar/oceano/praia/pescador. Entre as(os) cantoras(es), estão: Almério, Banda Eddie, Isadora Melo, Isaar, Mombojó, Siba, Claudio Rabeca, Jr Black, Rogerman, Una Martins e Zé Manoel. A seleção está presente em diversas plataformas digitais, com playlist disponível no Spotify.

Confira a agenda das Juntas em Rio Formoso:

8h - concentração da Colônia de Pescadores Z7 (Rio Formoso)

8h30 - vista do mangue a partir do porto próximo da Colônia Z7

10h - passagem pelo Museu do Quilombo Engenho Siqueira

11h - ida de barco à Praia da Pedra

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK

...