Voltar ao site

Juntas pedem funcionamento temporário de abrigo em hotéis, pousadas e instituições públicas para pessoas vulneráveis

As codeputadas afirmam que essa medida pode evitar mais contaminação, além de dar abrigo e proteção à população mais vulnerável neste tempo de crise inédita.

A codeputada Jô Cavalcanti, representando as codeputadas Robeyoncé Lima, Joelma Carla, Carol Vergolino e Kátia Cunha, trouxe na sessão plenária on-line desta quinta-feira, 23, a questão do abrigo em hotéis, pousadas ou instituições públicas para pessoas em situação de vulnerabilidade. As Juntas vão dar entrada em um Apelo ainda hoje sobre essa demanda, na defesa da necessidade de que os poderes públicos municipais e o estadual estabeleçam locais para dormida de pessoas vivendo com HIV/Aids e outras comorbidades, que são doenças oportunistas que atingem populações com imunidade baixa, como as pessoas que fazem uso de medicação muito forte. Algumas cidades no Brasil já estão implementando essa ação e o resultado tem sido positivo.

No discurso, as Juntas lembraram da importância da manutenção dos banheiros públicos permanecerem abertos durante a pandemia, Apelo que as codeputadas fizeram às prefeituras de Pernambuco e que foi aprovado pela Alepe na semana passada, demanda que surgiu por meio da escuta com os movimentos sociais. As codeputadas afirmaram que as orientações de prevenção do novo Coronavírus exigem melhorias de higiene para todas as pessoas, principalmente as que vivem em situação de vulnerabilidade. A indicação do Apelo foi direcionada às cidades de Recife, Olinda, Igarassu, Cabo de Santo Agostinho, Paulista, Caruaru, Jaboatão dos Guararapes, Garanhuns e Petrolina.
A medida pede ainda que sejam colocadas pias temporárias pelos municípios para que a população em situação de rua possa se prevenir com o mínimo de cuidado, pois elas não têm acesso as condições adequadas de higiene pessoal. Isso é um problema crônico nas cidades, mas que ficou ainda mais grave com a chegada do Covid-19.

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK