Voltar ao site

coronavírus: mobilização do setor cultural agiliza pagamento dos cachês do carnaval em PE

Essa é uma das 18 demandas de apoio ao setor na pandemia. Os mandatos das Juntas e de Ivan Moraes representaram o setor no diálogo com Governo e Prefeitura do Recife

#Aculturaprecisasobreviver – A mobilização de representantes de diversas áreas da cultura em Pernambuco, na busca por remediar os danos ao setor nesta pandemia, obteve a primeira vitória ontem. O Governo do Estado e a Prefeitura do Recife anunciaram o pagamento dos cachês do ciclo carnavalesco 2020 até o dia 30 de maio. O Governo também avisou que o edital do Funcultura será anunciado em breve pela pasta.

Os cachês e a abertura do Funcultura estavam entre as 18 demandas e propostas de apoio ao setor cultural que foram direcionados à Prefeitura do Recife e ao Governo do Estado na semana passada, a partir de uma ação com os mandatos das Juntas Codeputadas e do vereador Ivan Moraes. A iniciativa foi um forma de amenizar a situação de quem atua na cultura e teve todas as oportunidades de trabalho encerradas com a acertada medida de isolamento social recomendada pelas autoridades de saúde.

O documento com assinatura de mais de 500 artistas e profissionais da área foi entregue ao Secretário de Cultura de Pernambuco, Gilberto Freyre Neto, em reunião virtual (veja aqui). Confira a carta com as 16 demandas https://bit.ly/ACulturaPrecisaSobreviver

A notícia do pagamento dos cachês é considerada positiva pelo setor pois minimiza em parte a ausência de renda da classe artística. O pagamento, no entanto, não encerra as necessidades das milhares de pessoas que atuam na cadeia cultural, por isso, mandatos e artistas aguardam retorno do Governo em relação às outras demandas contidas no documento, especialmente a liberação dos empenhos referentes à cultura; desembolso imediato de parcelas pendentes do Funcultura; realização editais simplificados para a promoção de festivais virtuais e a concessão de renda emergencial para grupos e artistas.

Esses retornos ficaram de ser apresentados pela Secretaria de Cultura a partir desta semana. Na reunião realizada no dia 15 de abril, o Secretário de Cultura, Gilberto Freyre, falou da criação de um grupo entre governo e movimentos; de um estudo de financiamento específico facilitado para o setor, além de conversas obre a viabilidade de cobrança de lives de artistas, para que possam ser remunerados. Os desdobramentos dessas ações também precisam ser apresentados. Os mandatos das Juntas e de Ivan Moraes manterão contato para que o diálogo seja efetivo e as demandas respondidas a contento.

Histórico - O documento do setor cultural é fruto de reuniões, em videoconferências, realizadas de 01 a 10 de abril, com a participação de 150 representantes de diversas áreas da cultura, de 17 municípios de todas as regiões do estado, ao lado dos mandatos do PSOL. Estiveram representado profissionais da produção e da técnica, além de artistas do audiovisual, da dança, do teatro, das artes visuais, da cultura popular, da música, do artesanato, da literatura, da cultura Hip Hop, entre outras linguagens.

Foto que ilustra a matéria: Eduardo Queiroga

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK

...