Return to site

18ª Parada da Diversidade em Recife: Liberdade e Resistência!

· DISCURSOS

Neste domingo foi celebrada a 18ª Parada da Diversidade do Recife. Como uma Mandata que é composta por 5 mulheres, sendo uma delas trans, outra lésbica e uma bissexual, para nós o dia de ontem foi muito importante. 

A Parada da Diversidade é realizada no Recife desde o ano de 2002, pelo Fórum LGBT de Pernambuco e é um dos momentos mais importantes para esta comunidade no estado. Este ano, teve como tema “Ontem, Hoje e Sempre. Resistir para libertar”, com o objetivo de relembrar e homenagear ativistas LGBTs que construíram e constroem essa luta há muitos anos.

A população LGBT luta todos os dias para se manter viva! A expectativa de vida de mulheres trans no Brasil hoje é de 35 anos, enquanto que para a maioria da população é praticamente o dobro, ou seja, 70 anos. O Brasil é o país que mais mata pessoas trans no mundo. As lesbicas sofrem estupros corretivos e são assassinadas também cotidianamente. Todos esses são crimes de ódio. Essas pessoas são violentadas e assassinadas porque estão tendo a ousadia de ser o que desejam ser e de amar quem desejam amar. Esse é um dado muito grave e nós não podemos ficar omissas. Nós estamos na ALEPE também para defender os direitos da comunidade LGBT, principalmente o direito à vida.

Somos uma mandata anti-LGBTfóbica e, por isso, nos fizemos presentes ontem, reafirmando nosso total apoio às lutas da comunidade LGBTQI e também celebrando o respeito a todas as formas de ser e estar no mundo, pois a Parada é sempre um momento também para celebrar a alegria, a beleza, a força da resistência da população LGBT. Porque a vida dessa comunidade não é só de dores! É também uma luta feita com alegria, com um colorido sempre intenso e especial e com muito amor. E isso estava explícito ontem na Parada ao longo de todo o percurso: muito amor, muito desejo de viver e muita alegria a oferecer.

É de importância histórica para a Alepe e para o Estado de Pernambuco ter pela primeira vez um assento ocupado por pessoas da comunidade LGBT. Nós nos sentimos orgulhosas de estar aqui ocupando este lugar e incidindo nas decisões políticas que são tomadas aqui nesta casa, em nome também da população LGBT que é tão discriminada e oprimida em nossa sociedade.

Seguimos juntas!

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OK